Quando vocês são "Apenas Amigos"... mas na Verdade vocês não são

Copy of people-2561578_1920.jpg

Eu me lembro de estar sentada sob um céu estrelado, cercado de lindas árvores, quando um lindo amigo meu começou a me fazer perguntas sobre a minha vida. Era charmosamente romântico, exceto pelo fato de não ser porque ele tinha uma namorada. Eu sabia isso sobre ele, mas não imaginava que pudesse haver algum mal em apenas conversar com ele. Conforme ele continuava a me fazer perguntas atenciosas, eu comecei a compartilhar coisas sobre minha história que eu não costumava compartilhar com as pessoas, facilmente. Eu pensava que aquilo não tinha problema, até que na manhã seguinte eu acordei me sentindo super conectada com ele e me dando conta de que ele ainda tinha uma namorada. Eu fiquei tão confusa por me sentir tão horrível sem ter feito nada de errado. Eu não tinha beijado ele. Eu nem sequer tinha tocado nele. O que estava acontecendo?

 Na igreja, eu cresci ouvindo sobre os limites do contato físico, tais como: “não faça sexo antes do casamento” e obviamente “não beije o namorado de outra garota”. Mas o que teria me ajudado muito mais naquela noite seria saber mais sobre limites emocionais.

Limites emocionais podem ser um pouco mais complicado do que limites físicos e definitivamente não se fala muito a respeito. Você já sentiu como se simplesmente não conseguisse esquecer alguém? Isto não significa necessariamente que você e a outra pessoa foram feitos um para o outro. Isto pode simplesmente significar que vocês continuam ultrapassando os limites emocionais mesmo que a outra pessoa não queira um relacionamento. Você está mergulhando em intimidade profunda sem qualquer compromisso. Vamos ver um outro exemplo:

Eu tinha um amigo com quem eu costumava sair o tempo todo. Eu sentia que tinha sido clara sobre o fato de que nós não iríamos sair juntos como um casal, portanto pensei que estava tudo bem em sairmos só nós dois e continuar conversando com ele quase todos os dias. Quando ele finalmente me perguntou se algum dia nós iríamos sair em um encontro, eu disse que achava que não. Meu ego queria pensar que aquilo era porque eu era uma opção e tanto, quase que insubstituível, mas na verdade, não era. Ele encontrou uma garota incrível em questão de semanas e eles ficaram muito felizes juntos. Ele pensou que nós dois íamos sair porque basicamente nós já estávamos saindo, não porque eu possuía alguma qualidade mágica. Quando ele começou a sair com alguém eu fiquei arrasada e eu não entendia o porquê. Isto aconteceu porque eu o deixei suprir toda sorte de necessidades emocionais e o tratava como se ele fosse meu namorado, quando na verdade ele não era.

Eu queria retroceder por um momento e dizer que construir intimidade e aprofundar sua conexão com alguém não é necessariamente algo ruim. Se você estiver saindo com alguém, fazer estas coisas pode fazer com que vocês se aproximem mais, e isto é o que você deseja. O problema acontece quando você está repetidamente fazendo estas coisas com alguém que você não pretende ter um encontro (ou a outra pessoa está fazendo elas com você). Se você aprender a estar atento a isto, você vai se poupar e poupar as pessoas da sua vida, um mundo inteiro de dor e confusão. Aqui estão algumas coisas que eu notei que aprofundam intimidade e podem portando ultrapassar os limites emocionais:

  1. Compartilhar coisas que não costuma compartilhar com muita gente (medos, lutas, dores do passado, esperanças, sonhos e alegrias) – Isto faz com que alguém se sinta especial, que eles foram incluídos em seu mundo interior, que eles possuem qualidades mágicas...

2. Falar sobre detalhes complexos da vida e das famílias de cada um - O bom, o ruim, o feio ... essas são as coisas que não precisam ser ditas quando estiverem sozinhos sob um céu estrelado.

3. Muitos momentos ou saídas juntas, principalmente sozinhos. Uma maneira de saber isso são os quatro T’s: tempo, toque, texto e ter muitas conversas. Fazer muito de qualquer uma dessas coisas é flertar com a linha de amizade.

4. Planejar, pensar ou falar sobre o futuro como se essa pessoa fosse participar dele. Especialmente para nós, meninas, não é preciso muito mais para começarmos a planejar nosso casamento, lua de mel ou os próximos cinco anos. Homens, nos ajude e não fale sobre isso, a não ser que você pretenda ir adiante.

5.  Cuidar ou repetidamente sair do seu caminho para atender às necessidades de alguém - Se você sempre faz coisas especiais para alguém, então ele se sentirá especial. É estranho, eu sei, mas é assim que funciona.

Garotos, se vocês estiverem fazendo isso com uma garota, não se surpreenda caso ela fique com um olhar todo derretido para você. Garotas, se vocês estiverem fazendo isso com um rapaz, não fique surpresa se ele pensar que você quer sair com ele. Eu sei, eu sei. Você provavelmente é muito atraente e charmosa e isso faz de você alguém irresistível. Mas provavelmente você está tendo uma relação de namoro com ele, quando na verdade ele não é seu namorado, ou dar em cima dela quando você não pretende tê-la como namorada, portanto pare. Na verdade, tenham uma conversa e digam um para o outro em cada situação cada um está e assim ambos poderão ganhar clareza e gerenciar suas expectativas. Aprofundar-se em intimidade traz naturalmente expectativa e comprometimento, quando um ou ambos de vocês não têm nenhuma intenção de compromisso.

Mesmo em um relacionamento, é importante estabelecer limites emocionais. Você pode pular do nível um de intimidade direto para o dez. Ele pode gostar dos mesmos filmes que você e ter a personalidade perfeita. Ela pode ser a pessoa mais linda que você já viu. Ainda assim você precisa construir confiança e passar por cada etapa do processo, assim seu relacionamento possui um bom alicerce. Não se apresse. Passe tranquilamente por cada etapa.

Nós já dissemos isso antes, mas a coisa básica para se lembrar é que o seu nível de intimidade com alguém não deve exceder o nível de comprometimento. Isto é definitivamente verdade em relação a limites físicos, mas também é verdade em relação aos limites emocionais. Quando você começa a compartilhar coisas sobre sua vida e seus sentimentos que não compartilha com muitas pessoas, você está dando a alguém acesso a um lugar profundo em seu coração. Eles podem ser uma pessoa totalmente confiável, mas até que eles estejam comprometidos com você, há certas partes de você que eles ainda não tiveram acesso.

Portanto meninas, se você se deparar com uma situação de estar sob um céu estrelado com um rapaz bonito que tem uma namorada, eu não me importo o quão bem pensadas são as perguntas que ele faz, mantenha o nível superficial. Cor favorita, barra de cereal, tipo de queijo e é isso. Em contrapartida, se ele não for comprometida e quiser sair com você, bem aí é uma história totalmente diferente...