Perguntas mais Frequentes - Procurando por Amor

Copy of SplitShire-0514.jpg

QUESTÃO

Como eu começo a me valorizar, parando de fazer sexo com as pessoas para me sentir amada(o)?

RESPOSTA DA EQUIPE DO REVOLUÇÃO MORAL

Esta é uma questão muito real e preciosa. Vamos aqui cobrir alguns pontos para melhor responder.

Primeiro é preciso reconhecer o quê ou quem está no "trono do seu coração“ - ou seja, no lugar de Deus. Onde está a sua identidade?

Deus projetou a família de forma que primeiro aprendêssemos que somos dignos do amor dos nossos pais. Ele deseja que todos nós primeiro experimentemos o amor incondicional dos nossos pais. Ele projetou pra que eles fossem os primeiros a passarem identidade para os filhos. Nós percebemos, no entanto, que nem todos foram privilegiados em nascer em uma família amorosa, todavia queremos que você saiba que você ainda pode aprender essas coisas e que Deus deseja resgatar o que está faltando, ou o que foi roubado de você na sua infância.

Quando você cresce, Deus eventualmente se torna a sua fonte ao invés dos seus pais. Ele precisa se tornar a sua fonte de identidade, direção, proteção, conforto, amor incondicional, cura, etc. Mas quando você coloca algo diferente nesse lugar que pertence somente a Deus, você se coloca em uma enrascada. Você começa então a se sentir ansioso e inseguro. As meninas frequentemente se perguntam: “Será que sou bonita? Será que sou atraente?” Os meninos geralmente se perguntam: “Será que sou bom o bastante?”.

O fato é que precisamos ir até Deus e fazer a Ele todas essas perguntas. Se você não o fizer, vai continuar procurando em pessoas o valor que deveria encontrar Nele.

Se Deus é sua fonte de segurança, mesmo quando você começa a se sentir inseguro, você sabe que está seguro. Deus diz: "Escute, você se lembra de quem você é?" Ele te lembra do que Ele mesmo diz a seu respeito. Outras pessoas podem afirmá-lo ou elogiá-lo, mas essas coisas não deveriam servir como fonte para a sua identidade. O que as pessoas dizem deveria ser apenas uma confirmação daquilo que Deus já diz a seu respeito.

 Ter relacionamentos saudáveis começa primeiro tendo um relacionamento saudável com Deus, permitindo que Ele supra as suas necessidades quanto à identidade, direção, proteção, amor incondicional, conforto e segurança. Quando há uma peça faltando no seu relacionamento com Deus, você sempre irá procurar nas pessoas algo para preencher isso. Toda vez que você viola a sua consciência é porque existe uma necessidade que precisa ser suprida. Se você está dormindo com vários caras, por exemplo, talvez a explicação não seja devido a um apetite sexual elevado. Se você continua olhando pornografia não significa que esteja entediado. Na verdade, você provavelmente está usando essas coisas na tentativa de medicar sua dor ou exaustão. Descubra qual é a sua necessidade e preencha-a com algo saudável.

Quando todas as suas necessidades são supridas, a pureza se torna uma luta justa.

O segundo ponto que iremos abordar é a Autoconsciência. Autoconsciência é a capacidade de saber o que está acontecendo dentro de você em todos os momentos. Estatisticamente falando, não estamos cientes de 70% do que está acontecendo em nosso cérebro. A autoconsciência é responsável por trazer o que está acontecendo no mundo subconsciente para o mundo consciente.

 Aqui estão algumas coisas que você pode fazer para aprender a ser autoconsciente:

 1. Escreva perguntas no seu espelho como: “Como você está hoje? Como você está se sentindo?"

 2. Coloque lembretes no seu telefone como: "Como está o seu coração? Quais são suas necessidades pra hoje? Como você irá vivenciar o dia de hoje?

Se você acordar de manhã e perceber que está se julgando no espelho, vai poder avaliar esses sentimentos e dizer: “Cara, na verdade o que sinto é insegurança. É melhor eu não sair de casa hoje se o que sinto é insegurança". Então, ao invés de violar a sua consciência para superar isso, você poderá consertar o que realmente está acontecendo dentro de você logo pela manhã. E você poderá até procurar ajuda de outra pessoa, caso precisar.

Estas são apenas algumas dicas básicas para ajudá-lo a se tornar autoconsciente através de entender os seus sentimentos. Nossos sentimentos não têm na verdade nenhum valor moral. Seguir nossos sentimentos nem sempre vai nos levar ao caminho que Deus deseja que trilhemos. O que você sente é apenas um sinal de como você está no momento. Quando um sentimento surgir, avalie: “Este sentimento é saudável? Eu estou me sentindo sobrecarregado? Por quê?”.

Os sentimentos são cruciais em nossa jornada de autoconsciência. Distingui-los logo cedo e resolvê-los nos ajuda a manter a nossa liberdade.

Deixar Deus ocupar o “lugar de Deus” e praticar a autoconsciência são duas das principais ferramentas para ajudá-lo a se valorizar e evitar que sua consciência seja violada. Lembre-se, em Cristo você é nova criatura. Os velhos hábitos e padrões não ditam mais a sua vida. Aprenda a “tomar pé” (ter consciência) do que está acontecendo dentro de você e tenha as perguntas do seu coração respondidas pelo seu Pai que te ama e que te criou.

Sua resposta será sempre amorosa e tudo o que verdadeiramente importa!