O dia em que eu escolhi o meu futuro

Quando eu tinha quinze anos, eu fui surpreendida com uma agressão sexual -- e no resto do meu ensino médio, passei a sofrer com depressão, auto-flagelamento, ganho de peso, ódio próprio, pornografia e masturbação, medo de homens e estresse pós-traumático. Eu tinha pavor de revisitar o incidente, então eu o suprimi e parti para medicamentos a fim de lidar com os meus problemas de saúde física e psicológica.

Read More
Eu não estou a fim de “fazer amor”

 Eu acho que não é segredo agora que a minha vida teve um passado sexual. Coloque meu nome no Google e estará lá, principalmente porque eu escolhi levantar a tampa da vergonha do meu passado. Confesso que as principais razões pelas quais fiz o que fiz foram justificar meus desejos sexuais com uma minúscula palavra - "amor". Tornou-se a espinha dorsal de toda intenção sexual que eu decidia seguir. Recusei-me a concordar com a opinião religiosa de que era luxúria, a luxúria era o que as outras pessoas sentiam,  - mas eu? Bem, eu fazia amor. Eu tinha uma tese 'sólida' para as minhas ações e um raciocínio com o fim de vulnerabilidade. Eu não fazia isso com todo mundo - apenas com as pessoas que eu amava. Poucos argumentaram comigo, principalmente porque eu não prestava contas a ninguém. E eu fiz o que eu acreditava que era certo, vivendo em um vácuo de mim mesma, eu e o meu namorado.

Read More
Quem te disse?

Antes que a verdade possa libertá-lo, você precisa reconhecer quais mentiras estão te mantendo preso. Encontre a fonte dessas mentiras, encontre o ponto em que elas entraram em você e deixe o seu Pai voltar ao início e te perguntar: "Quem te disse isso…?" Nós não queremos viver nossas vidas com base no que o pai da mentira nos levou a acreditar, mas queremos seguir nosso Pai Celestial até o Caminho, a Verdade e a Vida (João 14:6).

Read More
Desejada ≠ Digna

No primeiro ano do ensino médio, minhas amigas e eu tínhamos esse caderno espiral de prata. Ao virar as páginas, você veria nossos nomes no topo. Cada uma de nós tinha nossa própria página. Abaixo de nossos nomes estavam os nomes dos meninos. E pura e simplesmente, aquela era a lista de garotos com quem a gente já tinha ficado, tocado, ido pra cama, e até mais do que isso…

Read More
5 Mitos Culturais sobre Relacionamentos

A gente precisa de apenas alguns episódios dos programas de TV mais populares para perceber que o que a cultura está dizendo sobre relacionamentos, sexo e casamento não é a mesma coisa que a Bíblia diz. A atração parece ser o único requisito para se jogar na cama com alguém, e nem sempre isso chega a ser um requisito. A ordem das coisas não é realmente importante: encontrar alguém, dormir juntos, morar juntos... e, então, talvez algum dia em algum lugar no futuro, se casar. A cultura nos apresenta um pacote atraente, mas o que as pesquisas dizem? As diretrizes estabelecidas para nós na Bíblia são realmente úteis? Aqui estão 5 mitos culturais sobre relacionamentos:

Read More
4 Dicas-chave para um namoro saudável

Você já esteve em um novo relacionamento em que se viu fazendo escolhas que normalmente você não faria? Talvez você esteja passando a noite fora muito além do que é saudável, ou talvez você esteja se perdendo completamente nas emoções da novidade e se esquecendo de cumprir as suas responsabilidades cotidianas? Eu tenho certeza de que todos nós já fizemos isso. O namoro é algo divertido e emocionante, mas um dos maiores perigos para qualquer relacionamento novo é a liberação rápida de emoções eufóricas, transformando homens sábios em poetas bêbados a qualquer momento. Eu não sei dizer quantas vezes vi casais inocentes e teimosos acabarem em um mundo de dor porque subestimaram a força motriz das emoções desenfreadas.

Read More
De Vítima à Vencedora

Eu passei os primeiros 12 anos da minha vida no norte da Virgínia. Quando eu tinha apenas 10 anos de idade, meus parentes abusaram de mim sexualmente. Antes do abuso, e era uma menininha normal: eu amava ler, colecionar selos, desenhar e também era membro do fã clube da Barbie. Infelizmente, após o abuso, eu me  tornei uma menininha diferente. Ninguém me ajudou ou validou o abuso que eu sofri, então parte de mim se escondeu e eu entrei em depressão. Eu não queria estar com ninguém, não queria mais ir à escola e por conta disso fugi de casa aos 12 anos.

Read More
A esperança para os sem esperança: a história de como eu saí da indústria do sexo

Com 18 anos, eu comecei a trabalhar na indústria do sexo. Com 19 anos, eu estava viciada em álcool e drogas, fazendo milhares de dólares por mês e completamente morta pra mim mesma. Eu honestamente não me importava mais com o que aconteceria comigo. O que eu não sabia na altura, é que eu estava prestes a ter um encontro com Deus que mudaria tudo. Mas, vamos recuar alguns anos para eu te explicar como cheguei lá. Minha história não é fácil, mas tem um fim muito bom, então aguenta aí. Ele verdadeiramente é um Curador para os corações partidos (Salmos 147:3)

Read More
Quando a rejeição tenta nos dominar

A maioria de nós já teve o coração partido em algum momento das nossas vidas. A maioria de nós já se sentiu rejeitado ou descartado por alguém. É extremamente doloroso e ninguém gosta da sensação de “não ser escolhido”. Então, como lidamos com essa rejeição? Como deixamos de acreditar na mentira de que somos “menores que” ou “não tão bons quanto” aquela outra garota ou garoto que foi escolhida (o)? É tão fácil nos compararmos com os outros e começarmos a concordar com as mentiras que estão na porta da nossa mente.

Read More
7 Mentiras que Acreditamos sobre Relacionamento

Na quarta série, joguei todas cartinhas de dia dos namorados no lixo. Foi por razões puramente práticas. Eu tinha tirado todo o doce e senti que os sentimentos remanescentes rabiscados na caligrafia da quarta série não eram mais úteis para mim. Minha professora veio à nossa mesa alguns minutos depois e disse: “Acabei de encontrar uma pilha de cartões do dia dos namorados no lixo. Você acredita que alguém jogou tudo isso fora? Depois de todo o trabalho que seus colegas colocaram neles?”  Eu balancei a cabeça fingindo descrença e tentei não parecer culpada.

Read More
Só Deus podia me Ajudar

Eu experimentei todo tipo de abuso quando  estava crescendo, incluindo abuso sexual. Eu comecei a experimentar a atração pelo mesmo sexo e cresci sendo chamado de gay e ridicularizado por pessoas próximas a mim por causa disso. Eu estava realmente atraído por garotas também, mas ninguém afirmou isso em mim. Eu decidi me identificar como um homem gay quando eu tinha 17 anos.

Read More